Mercedes-AMG renova C63


Depois de atualizar o C43 (leia aqui), a Mercedes-AMG dedicou seus esforços às variações mais potentes, chamadas C63 e C63 S. As siglas acompanham os demais modelos da gama, que passaram por renovações recentes (leia aqui e aqui), chegando a todas as carrocerias: sedã, perua, conversível e cupê, que ilustra a publicação. A novidade faz sua estreia global no Salão de Nova York.

No visual, a versão C63 segue a C43 em termos de soluções gerais. Mudam as disposições de faróis e lanternas, os contornos de para-choques e difusor e os desenhos de rodas e detalhes da carroceria. O interior também tem forração revista. Mas é sob o capô que se esconde o destaque da sigla.

Ali repousa tranquilo o 4.0 V8 biturbo da Mercedes-AMG. Ele disponibiliza 476 (C63) ou 510 cv (C63 S), sempre às rodas traseiras e mediante a caixa automática de nove velocidades. Com a carroceria cupê, a aceleração de zero a 100 km/h é cumprida em respectivos 4,0 e 3,9 segundos, com máximas de 250 km/h e 290 km/h.

Como já se tornou comum, o comportamento do conjunto mecânico pode ser alterado de acordo com a preferência do motorista. Os programas oferecidos são Comfort, Sport, Sport+, Individual e Calçada, para subir rampas mais íngremes, todos já vistos do C43, além do Race, exclusivo do C63. Os modos, porém, não são rígidos, e permitem ajustar algumas características, como a rigidez da suspensão e a operação sequencial do câmbio.

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s