França encerra investigações sobre “Dieselgate da Opel”


Após fazer uma série de investigações para revelar se outras montadoras, além da Volkswagen, burlaram testes de emissões de carros a diesel, o governo da França vem divulgando os resultados de suas buscas. A última companhia analisada, a Opel, teve seu processo encerrado pelas autoridades daquele país. Elas informaram que os documentos recolhidos na sede local da montadora não revelaram uso de dispositivos ilegais para transgredir a legislação ambiental.

Agora de posse da francesa PSA Peugeot Citroën (leia aqui), a Opel foi alvo de investigação após suspeitas das autoridades locais. Em 2015, uma entidade ambientalista alemã acusou a marca de transgredir a lei de emissões com a minivan Zafira (leia aqui), enquanto um instituto belga apontou que até seus veículos a gasolina – e também os de Mercedes-Benz e Volkswagen – enganavam os testes de laboratório (leia aqui). A alemã, então controlada pela General Motors, negou o uso de propulsores que não atendiam às normas legais.

Apesar de extinguir o processo de investigação da Opel, a França segue investigando sua nova dona, PSA, a também francesa Renault, a ítalo-americana FCA Fiat Chrysler e a alemã Volkswagen.

Anúncios

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s