Europa: Vendas caem a níveis de 1996

Vauxhall cars are transported on a lorry in Luton, Britain

As vendas de veículos novos seguem em queda na Europa. O continente registrou, em junho, 1,06 milhão de emplacamentos, atingindo o pior desempenho para o período desde 1996. De acordo com a agência Reuters, o resultado é atribuído à recessão econômica, acentuada pelos efeitos da pandemia, a escassez de semicondutores e à inflação. A região apura queda nos últimos 12 meses.

Continuar lendo

Europa torna obrigatóros “caixa preta” e “Assistente Inteligente de Velocidade”

A União Europeia anunciou a obrigatoriedade do uso de dois equipamentos em veículos novos já para este mês de julho. Tratam-se da caixa preta, aparelho similar ao já usado na indústria aeronáutica, e o Assistente Inteligente de Velocidade (ISA), que tende a reduzir a velocidade de um automóvel até mesmo “à força” (veja no vídeo abaixo). Para produtos que já estão no mercado, o prazo final para aplicação é julho de 2024.

Continuar lendo

Volvo terá terceira fábrica na Europa, dedicada somente a elétricos

Dentre as grandes montadoras, a Volvo talvez seja a que mais avança rumo à eletrificação total de sua gama. Não por acaso, a empresa anuncia agora a construção de uma fábrica, a terceira localizada na Europa, que será dedicada especialmente à produção de veículos puramente elétricos. A planta será erguida na Eslováquia, nas proximidades de Košice, segunda maior cidade do país e a mais importante na região Leste do território.

Continuar lendo

Citroën oficializa crossover C4 X

Foto de - citroen c4-x 2023A família de modelos em formato “exótico” segue crescendo na Citroën. Fazendo jus à tradição da marca, chega agora à gama o C4 X, a meio caminho de C4 (leia aqui) e C5 X (leia aqui). Ele se coloca em posição intermediária não apenas em termos de porte, motorização ou equipamentos, mas também no visual, que mescla características da dupla. A novidade compartilha a base com o Peugeot 408 (leia aqui) e chega às lojas europeias no último trimestre de 2022.

Continuar lendo

Fiat Doblò chega à terceira geração

Ele permaneceu por 20 anos no mercado brasileiro em sua primeira geração (leia aqui), mas uma segunda linhagem já havia aparecido na Europa em 2009 (leia aqui, aqui e aqui). Agora, a Fiat oficializa a terceira, que chega ao mercado seguindo uma receita antiga: ele toma por base os utilitários de Citroën e Peugeot. Desta vez, o furgão usa dos projetos de Berlingo e Partner/Rifter para se reformular por completo, ampliando o leque de opções na marca italiana.

Continuar lendo

DS7 recebe atualização visual na Europa

A DS apresentou a reestilização de meia vida do maior de seus SUVs, o DS7, lançado na Europa há cinco anos (leia aqui). O modelo recebe mudanças mais significativas na dianteira, além de ter novidades também em equipamentos e motorização. Além disso, abandona a alcunha “Crossback” que o acompanhava originalmente. As vendas começam agora em julho, com entregas previstas para setembro.

Continuar lendo

União Europeia proíbe venda de carros com motor a combustão a partir de 2035

Após muita discussão (leia aqui), a União Europeia decidiu por banir a comercialização de veículos movidos por motores a combustão interna, alimentados por gasolina ou diesel, a partir de 2035. Os estados-membros do bloco econômico mantiveram o cronograma previsto originalmente, apesar de países como Alemanha e Itália terem pressionado por um atraso no prazo. Ainda assim, a medida indica o objetivo de reduzir em 100% as emissões de dióxido de carbono (CO2), abrindo brecha para a viabilização dos combustíveis sintéticos.

Continuar lendo

Dacia atualiza logotipo e aplica emblema em toda a gama europeia

Divisão de baixo custo da Renault, a Dacia já havia revelado que trocaria seu emblema (leia aqui), tomando por base o escudo estreado pelo conceito Bigster (leia aqui). Agora, a marca romena revela que o logotipo estará presente em toda sua gama europeia, adequando-se à uma nova identidade. Para tanto, o padrão da grade também se altera. A mudança acontece em Duster, Sandero, Logan, Spring (irmão do Kwid) e Jogger.

Continuar lendo

Ford Focus deixará mercado em 2025

Um dos nomes mais fortes da Ford em nível global, o Focus sairá de cena em definitivo em 2025. A confirmação veio da própria marca, ao indicar que a planta alemã de Saarlouis, atualmente responsável pela montagem do modelo, deixará de produzi-lo e provavelmente será fechada – havendo chance de ser vendida. Por ora, o icônico hatch não tem sobrevida garantida, tendendo a sair de cena em definitivo após este prazo.

Continuar lendo

Alemanha rejeita banir carros com motores a combustão a partir de 2035

A proibição total dos carros a combustão interna parece perder força, aos poucos, em alguns cantos do planeta. Depois da Itália, é a vez da Alemanha rejeitar o banimento integral dos propulsores a gasolina e a diesel, como a Comissão Europeia propõe, a partir de 2035. A tendência é que o país estenda o prazo de existência desse tipo de veículo, devido principalmente às dificuldades de se alcançarem as metas impostas até então.

Continuar lendo

Ataque da Rússia à Ucrânia pode custar mais do que pandemia, diz CEO da VW

Grupo VW tem novo CEO global. Principal missão é reorganizar a “sopa” de  marcas – AutoBuzzHerbert Diess, CEO da VW

Dando sinais de uma recuperação após dois anos de pandemia, a economia global agora tem outro impacto significativo: a guerra promovida pela Rússia contra a Ucrânia. A invasão reflete diretamente em todo o mundo, como nós, brasileiros, tem observado nos postos, com a alta da gasolina – que bate recordes em vários cantos do planeta, como os Estados Unidos. Segundo o CEO da Volkswagen, Herbert Diess, o conflito bélico pode ser ainda pior do que a Covid-19, para as economias, caso se estenda por mais tempo.

Continuar lendo

Volkswagen oficializa van elétrica ID Buzz

A Kombi está de volta! Quer dizer, não na prática, mas espiritualmente. A Volkswagen apresentou a van ID Buzz (leia aqui), inspirada na Velha Senhora, seguindo a receita do New Beetle com o velho Fusca. Desta vez, porém, o modelo nostálgico é movido a eletricidade, seguindo a tendência europeia de banir os veículos a combustão. A novidade estreia no Velho Continente apenas no último trimestre, mas as vendas começam nas próximas semanas. É bastante provável que ela seja importada para cá no futuro.

Continuar lendo

Fiat terá só elétricos na Europa em 2027

Fiat 500e, elétrico recém-chegado ao Brasil

Celebrando resultados colhidos em seu primeiro ano “completo” como uma única companhia, a Stellantis aproveitou para apontar os caminhos de seu futuro. Entre eles, claro, está a eletrificação das marcas. A novidade da vez é a estratégia agressiva adotada com a Fiat. Até 2030, a italiana terá somente elétricos (leia aqui), mas o prazo para a divisão europeia se adequar à nova regra é ainda mais curto: 2027.

Continuar lendo

Tesla Model 3 aparece como único elétrico entre os 50 mais vendidos da Europa

Pode-se até contestar a política da Tesla com seus resultados financeiros nem sempre positivos, mas em termos de imagem e comercialização, a marca de Elon Musk segue dando exemplo. O último feito da empresa foi colocar seu atual produto de entrada, o Model 3, na 17ª posição entre os veículos mais vendidos da Europa em 2021, uma colocação bastante alta para um modelo elétrico: ele é o único com esse tipo de propulsão a figurar entre os 50 mais emplacados do Velho Continente no ano passado. O líder, mais uma fez, foi o Volkswagen Golf, seguido por Peugeot 208, Dacia Sandero, Renault Clio e Peugeot 2008.

Continuar lendo

Skoda Enyaq ganha variação Coupé

Primeiro elétrico projetado “do zero” pela Skoda (leia aqui), o Enyaq acaba de ganhar uma segunda variação, chamada Coupé. Seguindo a “moda” do mercado global, trata-se de uma derivação do SUV original diferenciada pelo teto em arco, a fim de atrair um público mais jovem. Por seu apelo esportivo, ela dispensa a opção de entrada do irmão, adotando as variações mais fortes. As vendas, em alguns mercados da Europa, começam já em fevereiro.

Continuar lendo

Vendas caem 10,1% na Alemanha em 2021; VW Golf lidera pelo 41º ano

As vendas de veículos novos registraram grande retração na Alemanha em 2021. Segundo a associação dos concessionários locais, a KBA, foram licenciados 2.622.132 exemplares por lá, 10,1% a menos que em 2020, o “ano da pandemia”. Foi a pior variação desde 1985. Entre as marcas, a Volkswagen liderou com folga e ocupou todo o pódio entre os modelos. O líder foi o VW Golf, pelo 41º ano consecutivo – ele ficou no topo em 46 dos últimos 47 anos, à exceção de 1980 (o campeão na oportunidade foi o Mercedes-Benz W123, equivalente hoje ao Classe E).

Continuar lendo

Citroën encerra produção do C1

Com o fim da parceria com a Toyota anunciado em novembro de 2018 (leia aqui), a então PSA decidiu por não atuar mais com subcompactos na Europa. Recentemente, os japoneses renovaram o Aygo, tornando-o um pequeno SUV (leia aqui). Os franceses, contudo, ainda não fizeram apostas similares. E uma das duas aliadas, a Citroën, acaba de confirmar o fim de seu pequeno C1. O Peugeot 108 deve seguir o mesmo caminho em breve.

Continuar lendo

Fiat relança Scudo na Europa

FIAT ANUNCIA QUE AS NOVAS VANS SCUDO E ULYSSE TERÃO VERSÃO 100% ELÉTRICA |  PlanetCarsZ

O mundo dá voltas, especialmente no ramo automotivo. Descontinuado em 2016 (leia aqui), o Fiat Scudo está de volta à Europa. Na época, ele foi substituído pelo Talento (leia aqui), fornecido pela Renault, após o fim parcial do acordo mantido com a PSA. Agora com a fusão entre italianos e franceses, o utilitário volta, derivado outra vez de Citroën Jumpy e Peugeot Expert – e que originaram Opel Vivaro e Toyota Proace.

Continuar lendo

CEO da VW diz ser “quase impossível” Europa proibir motor a combustão

Herbert DiessHerbert Diess, CEO da Volkswagen

O CEO da Stellantis, Carlos Tavares, não está sozinho nas dúvidas colocadas em torno da eletrificação dos veículos (leia aqui e aqui) – o comandante da Toyota, Akio Todota, também já demonstrou preocupação sobre o processo (leia aqui). Quem engrossa o couro é o CEO da Volkswagen, Herbert Diess, diretor de uma empresa que investe pesado na propulsão elétrica. Em entrevista ao site The Verge, o executivo opinou ser “quase impossível” que a União Europeia consiga “acabar com os carros a combustão” nos prazos determinados pelos governos. Por ora, a Europa fala em banir a venda de modelos a gasolina e a diesel até 2035 (leia aqui).

Continuar lendo

CEO da Stellantis alerta Europa sobre proibição de carros a combustão

O português Carlos Tavares é o diretor executivo da Stellantis. O que  esperar do novo gigante automóvel?Carlos Tavares, CEO da Stellantis

Apesar de seguir investido nos elétricos, a Stellantis não se mostra confortável com a situação. Ao menos é o que diz seu CEO, Carlos Tavares, que voltou a alertar sobre a decisão iminente da Europa de banir a venda de carros a combustão. Como fez anteriormente (leia aqui, aqui e aqui), o executivo português ressaltou pode haver impactos significativos nessa “caça às bruxas” aos modelos a gasolina e diesel. “O que está claro é que a eletrificação é a tecnologia escolhida por políticos, não pela indústria”, disse.

Continuar lendo

Noruega fecha 2021 com elétricos representando 65% das vendas de novos

Tesla e Model 3 lideraram o mercado noruguês

Os carros elétricos vêm ganhando cada vez mais espaço na Noruega. Com forte incentivo estatal na compra de modelos com esse tipo de propulsão e uma extensa infraestrutura de recarga, o país os têm como preferidos da maioria. Em 2021, os “zero emissões” representaram 65% dos emplacamentos totais, um avanço sobre os 54% de 2020 (leia aqui). Em alguns períodos, a fatia chegou a 78% (leia aqui). Acredita-se que o país conseguirá superar “tranquilamente” a participação de 80% em 2022.

Continuar lendo

Prometido ao Brasil, Citroën C5 ganha reforma de meia vida na Europa

Confirmado para o mercado brasileiro em 2018 (leia aqui), o C5 Aircross jamais desembarcou por aqui, embora esteja disponível na Argentina há quase dois anos (leia aqui). Sem sinal de vinda, ele passa agora por sua reforma de meia vida, alinhando-se à identidade recente da Citroën, mas abandonando os faróis separados. As vendas na Europa começam no início do segundo semestre de 2022.

Continuar lendo

Lancia terá Mercedes como inspiração

Após receber um prazo de 10 anos para reorganizar suas operações (leia aqui), a Lancia já tem um planejamento estratégico traçado, prevendo ao menos três novidades entre 2024 e 2027 (leia aqui). Mais do que ampliar o portfólio, hoje limitado ao pequeno Ypsilon (leia aqui), a marca pretende modificar sua filosofia de atuação, inspirando-se na Mercedes-Benz. Segundo o CEO Luca Napolitano, a estratégia focará também na lucratividade sobre o volume de vendas, seguindo o que outras companhias do setor vêm adotando.

Continuar lendo

Mazda2 adota base de Yaris de nova geração e ganha propulsão híbrida

Foto de - mazda mazda2 2022

A Mazda deu início às vendas de uma variação inédita do Mazda2, movida por sistema híbrido. Trata-se de um modelo claramente derivado da nova geração do Toyota Yaris europeu (leia aqui), que troca basicamente os logotipos e mantém toda a base do compatriota. Curiosamente, ele será vendido concomitantemente com as versões com propulsor a combustão, que mantêm a carroceria atual (leia aqui e aqui).

Continuar lendo