Por emissões, VW mexe na gama de veículos e dá fim ao motor 1.6 8v


Com a entrada em vigor do plano de emissões L7 do Proconve, as montadoras estão readequando suas gamas de veículos para atender às normas mais restritivas. Como não poderia deixar de ser, agora é a Volkswagen quem apresenta as modificações feitas em sua gama, atingindo nada menos que 10 modelos. A principal alteração é a descontinuação do motor 1.6 8v, que era oferecido no País há cerca de 25 anos. Outra modificação significativa é a retirada do 1.6 16v em Virtus e Polo.

Com a “morte” do 1.6 8v, a VW encontrou diferentes soluções para os modelos que ainda o utilizavam. No caso de Gol e Voyage, a marca removeu o propulsor sem deixar um substituto. Ou seja: hatch e sedã só podem ser adquiridos, agora, com o 1.0 12v MPI de 75/84 cv e 9,7/10,4 kgfm e seu câmbio manual de cinco marchas. A caixa automática, como esperado, foi embora junto com o 8v. Na Saveiro, a empresa decidiu equipar todas as versões com o 1.6 16v MSI de 110/120 cv e 15,8/16,8 kgfm, até então utilizado apenas na opção mais cara, Cross.

Em Polo e Virtus, a VW destaca a aplicação do Start&Stop, que já havia sido anunciado em novembro (leia aqui). A maior mudança, porém, é o fim do 1.6 16v MSI para a dupla. O hatch mantém o 1.0 12v MPI, o 1.0 TSI e o 1.4 TSI, enquanto o sedã tem apenas os dois últimos.

A empresa afirma ainda ter feito mudanças no motor 1.4 TSI do Taos, no 2.0 TSI do Jetta GLI e no V6 da Amarok, todos agora inseridos dentro das regras do Proconve L7.

Publicidade

E VOCÊ, O QUE ACHOU DESTA NOTÍCIA?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s