Mercedes-AMG GT43 chega por R$ 575.900

Imagem ilustrativa

A Mercedes-AMG anunciou a chegada de uma versão de acesso do sedã GT 4-Door ao mercado brasileiro. Trata-se da variação 43, equipada com motor de seis cilindros e propulsão híbrida leve, apresentada lá fora em setembro de 2018 (leia aqui). A empresa confirma a importação de apenas 20 exemplares, ao preço de R$ 575.900 cada.

Continuar lendo

Próximo Mercedes Classe C também terá “tablet vertical” no centro do painel

O Classe S não será o único sedã completamente novo a ser lançado pela Mercedes-Benz em 2020 (leia aqui e aqui). Tampouco ficará restrita a ele a tela em estilo “tablet vertical” da central multimídia. O flagra mais recente do Classe C confirma que este também contará com o dispositivo, mas seu lançamento deve acontecer um pouco depois do irmão mais caro, em dezembro.

Continuar lendo

Flagra revela nova geração do Mercedes-Benz Classe S por completo

Símbolo do luxo e do requinte oferecidos pela Mercedes-Benz, o Classe S sempre é um segredo guardado a sete chaves. Todavia, sua próxima geração, identificada como W223, já pode ser vista sem disfarces, ainda de maneira não-oficial. Ele foi fotografado em um pátio, aparentemente junto a um depósito de sucatas, revelando as linhas externas e o visual interno do sedã. Até então esperado para setembro, o modelo pode ser adiantado, ao menos virtualmente, nas próximas semanas.

Continuar lendo

Mercedes apresenta Sprinter 19+1 com acesso de passageiros pela porta dianteira

Lançada no Brasil no final de 2019 (leia aqui), a nova geração da Sprinter acaba de ganhar uma nova variação, chamada Van Passageiro 19+1. Como novidade, a Mercedes-Benz destaca seu acesso de ocupantes pela parta dianteira, criando um espaço similar a de um micro-ônibus. Os preços vão de R$ 222.894 e R$ 225.749, alterados apenas pela pintura escolhida (sólida e metálica, respectivamente).

Continuar lendo

Mercedes e Volvo se unem por caminhões e ônibus movidos a hidrogênio

O Grupo Volvo e a Daimler Truck AG, que produz modelos da Mercedes, anunciaram um acordo de cooperação voltado ao desenvolvimento de células de combustível alimentadas por hidrogênio. A parceria prevê a produção de sistemas para aplicação em veículos pesados, especialmente ônibus e caminhões. No entanto, as duas companhias seguem operando de maneira independente nas demais áreas de atuação.

Continuar lendo